Friday, November 10, 2006

YOUTUBE APAGA 30 MIL VÍDEOS APÓS PEDIDO DE MÍDIA DO JAPÃO

Clipes violavam direito autoral, segundo entidade que representa redes de TV e distribuidoras de filmes no Japão

TÓQUIO - O site de vídeos YouTube , comprado recentemente pelo Google , removeu 29.549 arquivos de seu sistema depois de receber um pedido de um grupo de empresas de mídia do Japão que afirmava que os clipes violavam direitos autorais.
Vídeos com programas de televisão, músicas e filmes foram publicados no site sem permissão dos detentores de direitos autorais, informou a "Japan Society for Rights of Authors, Composers and Publishers" em comunicado.
O grupo, que representa 23 empresas de mídia, entre elas redes de TV e distribuidores de filmes, informou ter pedido ao YouTube para definir medidas que impeçam a publicação de conteúdo não autorizado. A entidade também fez um apelo para que os internautas não publiquem vídeos que violem leis de direitos autorais.
O YouTube, que transmite mais de 100 milhões de vídeos por dia, tem recebido reclamações de detentores de direitos autorais, mas afirma que não tem condição de checar quais arquivos são piratas. Representantes do YouTube não puderam ser contatados imediatamente para comentar o assunto.

0 Comments:

Post a Comment

<< Home